Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Estratégia de treinamento e adesão do autocateterismo vesical intermitente limpo: a experiência do Núcleo de Disfunção Miccional

Resumo

O cateterismo uretral intermitente é o padrão ouro para o manejo da disfunção neurogênica do trato urinário inferior.O objetivo deste trabalho é apresentar a metodologia utilizada pela equipe multiprofissional na orientação, treinamento e adesão de usuários com indicação para realização da técnica . Trata-se de um relato de experiência sobre o trabalho educativo multiprofissional para o autocateterismo intermitente limpo com usuários adultos de uma unidade ambulatorial de disfunção Miccional. O processo se inicia com a indicação médica para o procedimento, posteriormente o paciente é encaminhado para os enfermeiros já com o laudo médico e listagem de material necessário. Na consulta de enfermagem o usuário é informado sobre a técnica a ser empregada e recebe material explicativo e é agendado para retorno assim que adquirir o material necessário. No dia agendado para a realização do treinamento é apresentado um vídeo disponível no site youtube ® que versa sobre o funcionamento do trato geniturinário, complicações do não esvaziamento completo da bexiga, materiais necessários e demonstração da técnica. Posteriormente, o usuário realiza a técnica supervisionada pelo enfermeiro, é orientado para o preenchimento do diário miccional e nos casos do uso de terapia anticolinérgica receberá orientações acerca da medicação. O retorno após sete dias para reavaliação, adequação de horários se necessário e discussão de possíveis dúvidas. Este retorno pode ter seu tempo reduzido ou repetido quantas vezes se fizer necessário até o usuário se sentir seguro na técnica. Além do atendimento presencial o usuário pode contar com aporte oferecido através do telemonitoramento de enfermagem. A consulta multiprofissional é realizada 30 dias após o inicio do autocateterismo. A orientação e treinamento da técnica bem como o suporte para o acompanhamento destes usuários são fatores preponderantes para os seguintes resultados: segurança na realização do procedimento, independência no autocuidado, compreensão dos benefícios, retorno ao convívio social, redução do risco de complicações e redução do abandono. A metodologia utilizada tem sido satisfatória por se propor a contribuir para melhoria da qualidade de vida destes usuários, prestar um atendimento multiprofissional especializado, desenvolver confiança do paciente e garantir a manutenção da prática em domicilio.

Palavras Chave ( separado por ; )

CATETERISMO URETRAL INTERMITENTE, ATENÇÃO SECUNDARIA À SAÚDE, EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

Área

Uroneurologia / Disfunção Miccionais / Urodinâmica

Instituições

UERJ - Rio de Janeiro - Brasil

Autores

MARIA JOSE DA MARIA JOSE DA SILVA, FERNANDA HENRIQUES DA SILVA, JACIRA FLORENCIA DE PAULA MOURA, THAYENE TEIXEIRA DA SILVA DIAS, MARIA DE LOURDES ALVES, FABRICIO BORGES CARRERETTE, JOSE AILTON FERNANDES